berinjelanews

Venezuela irá multar canais pagos que exibem “Uma Família da Pesada”

Autoridades venezuelanas planejam multar as companhias de TV a cabo que se recusam a tirar do ar a série de animação “Uma Família da Pesada”.

O ministro da Justiça, Tareck El Aissami, afirma que o programa deve ter sua transmissão encerrada porque incentiva o uso de maconha.

Ele diz que se sentiu ofendido por um episódio recente que mostra os personagens da série dando início a uma campanha pela legalização da droga.

Nesta quinta, El Aissami afirmou que as emissoras a cabo que transmitirem “Uma Família da Pesada” serão multadas pela empresa reguladora de telecomunicações do país caso se recusem a pararem de exibir o programa.

O governo do presidente Hugo Chávez se prepara para anunciar uma nova regulamentação para os canais a cabo no país. Entre outras regras, as emissoras pagas podem ser obrigadas a transmitir os discursos de Chávez.

Reclamando do brasil, benhê?!

Os incomodados que se retirem (que é o que pretendo fazer assim que tiver condições financeiras propícias).

E vocês, comunistas, o que dizem?!

Anúncios

(em comentário ao post anterior)

SIM!

O excesso de população, além de causar miséria, guerras e a destruíção do planeta, também causa a banalização da cultura.

Todo mundo gosta de Tarantino, tudo bem, todo mundo gosta de Beatles também. O problema não é exatamente este.

O que me incomoda, profundamente, é o fato de o gosto ser usado como “marca de roupa”.

(não preciso dizer mais nada, isso resume bem a idéia e não é difícil de ser compreendida por quem lê isso aqui)

Durante a Segunda Guerra, na França ocupada pelo exército alemão, a jovem Shosanna Dreyfus (Mélaine Laurent) testemunha a execução da família pelo coronel nazista Hans Landa (Christoph Waltz). Porém, ela consegue escapar e passa a viver sob a identidade de uma proprietária de cinema em Paris, enquanto aguarda o momento certo para se vingar. Ainda na Europa, o tenente Aldo Raine (Brad Pitt) organiza um grupo de soldados judeus para lutar contra os nazistas. Conhecido pelo inimigo como “Os Bastardos”, o grupo de Aldo recebe uma nova integrante, a atriz alemã e espiã disfarçada Bridget Von Hammersmark (Diane Kruger), que tem a perigosa missão de chegar até os líderes do Terceiro Reich.

Sim, assistirei!

Não vou ser chata de ficar escrevendo aqui mil e uma observações acerca do Tarantino, até porque tem gente fazendo isso na internet o tempo inteiro. Com o lançamento desse filme, umas 5 pessoas, no minímo, devem ter publicado algo a este respeito enquanto escrevo este post.

Minha unica questão é a seguinte:

Vai ter relógio no cu?!

(se você entendeu, considere-se um dos MILHÕES conhecedores de Tarantino presentes no planeta)

(se você não entendeu, não é detalhista o suficiente para absorver todas as enchentes de informações que o mundo tarantinesco pode proporcionar)

(MAS, não se incomode, em qualquer um dos casos, afinal tudo é cópia/versão/inspiração de algo mais antigo que AINDA não banalizou-se)

Tags: ,

Para a cena final, quando Chanel, no auge da fama, observa um desfile de uma de suas coleções, Fontaine e Tautou ganharam acesso ao “santo dos santos” da maison: o grande depósito climatizado onde estão guardadas todas as peças originais criadas por Coco.

Já estou de saco cheio de pessoas pagando pau para (até tatuagem!) a Audrey Tatou. Sim!

Não confio muito em filmes biograficos. Sim!

Não costumo gostar de filmes sobre moda. Sim!

mas: Sim, admito! Vou ver!

Lembrança do FANTASPOA.

Mofou

Estereótipos

Reclamações

teste em Sem alteração de template